Países das Américas acertam plano para reduzir a malária, prevenir sua reintrodução e manter conquistas

Uma estratégia e um plano de ação para redobrar os esforços para a redução da malária, prevenir sua reintrodução e manter as conquistas alcanças foram aprovados pelas autoridades de saúde dos Estados Membros da Organização Pan-americana da Saúde (OPAS), no âmbito do 51o. Conselho Diretor.

Em 2009, foram notificado na região 564.451 casos confirmados de malária e 118 mortes, o que representa uma redução de 54% e 69%, respectivamente, em relação ao ano 2000. Os resultados são consequência de uma série de estratégias e programas, como o Plano Estratégico Regional contra a Malária nas Américas 2006-2010.

Além disso, foram alcançadas as metas de redução da carga da malária em 18 dos 21 países da Região onde a doença é endêmica. Nove desses países notificaram reduções de mais de 75%, com o que se cumprem as metas estabelecidas pela aliança Fazer Retroceder a Malária e os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio das Nações Unidas.

 
As respostas estão fechadas, mas você pode trackback de seu próprio site.