Delegados aprovam estratégia para tornar as substâncias psicoativas uma prioridade da saúde pública


As delegações dos países das Américas aprovaram esta manhã o plano de ação para incluir o consumo de substâncias psicoativas nos planos nacionais como uma prioridade da saúde pública.

O Plano de Ação sobre o Uso de Substâncias Psicoativas e a Saúde Pública busca reduzir a carga do uso de drogas e reforçar a responsta integrada de saúde pública.

Nesse sentido, medidas preventivas deveriam cobrir a detecção, intervenção precoce, tratamento, cuidado, reabilitação, reintegração social e serviços de apoio para pessoas com problemas relacionados ao uso de substâncias psicoativas.

 
As respostas estão fechadas, mas você pode trackback de seu próprio site.