A dra. Roses explica o propósito e os resultados esperados da reforma da OMS

De acordo com a diretora da OPAS, dra. Mirta Roses, as mudanças ocorridas na saúde pública global nos últimos 60 anos criaram novos desafios e oportunidades; a proliferação de novos atores e iniciativas globais no campo da saúde exige melhor coordenação e alinhamento; existe uma necessidade de se concentrar em prioridades estratégicas baseadas em mandatos e em diferentes situações de desenvolvimento da saúde; a Organização precisa responder com mais eficiência e eficácia a cada nível às crescentes necessidades dos Estados Membros, o que requer um financiamento mais previsível e sustentável. A reforma da OMS pode otimizar as oportunidades criadas pelas reformas do setor da saúde e pelas iniciativas globais de saúde.

Os resultados esperados da reforma seriam a transformação da governança para fortalecer a saúde pública; reforma do financiamento e gerenciamento da OMS; e uma concentração em 5 áreas programáticas prioritárias para responder aos desafios da saúde no século 21, disse a dra. Roses.

 
As respostas estão fechadas, mas você pode trackback de seu próprio site.